MEC "Por uma vida melhor"

Exageros, sensacionalismo e brincadeiras à parte, o livro do MEC distribuído às escolas diz, acertadamente: (1) "é importante saber o seguinte: as duas variantes da língua (culta e popular) são eficientes como meios de comunicação". (2) é comum que se atribua um preconceito social em relação à variante popular, usada pela maioria dos brasileiros. Esse preconceito não é de razão linguística, mas social. (3) Por isso, um falante deve dominar as diversas variantes porque cada uma tem seu lugar na comunicação cotidiana. (4) Como a linguagem possibilita acesso a muitas situações sociais, a escola deve se preocupar em apresentar a norma culta aos estudantes, para que eles tenham mais uma variedade à sua disposição, a fim de empregá-la quando for necessário.Ver mais: http://www.acaoeducativa.org.br/downloads/V6Cap1.pdf

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O recado de Senna - Carlos Alberto di Franco

LYA LUFT: Medo e preconceito

Sobre eucaliptos e jequitibás - Rubem Alves